Bruno Oliveira

"Eu gostaria de ser coach do Neymar", afirma Bernardinho


 Ex-técnico das seleções feminina e masculina de vôlei, Bernardinho disse em entrevista à Rádio Gaúcha que gostaria de trabalhar como uma espécie de "treinador pessoal" de Neymar. "Eu queria ser um 'coach' do Neymar sobre algumas questões. Sobre comportamento, a postura diante de algumas situações e como lidar com pressão", afirmou o treinador campeão olímpico e mundial.
Bernardinho lembrou que o camisa 10 do Brasil é amigo de seu filho, o levantador Bruninho, e que já encontrou Neymar algumas vezes. "Ele tem uma relevância tão grande no futebol que nós estamos na véspera da final da Copa do Mundo e se fala dele", disse. "É um peso enorme sobre um jovem, um rapaz fantástico, de uma índole excepcional", completou.
Com o Brasil eliminado nas quartas de final pela Bélgica, Neymar tornou-se uma espécie de piada internacional, com memes, jogos e brincadeiras ironizando suas quedas em campo. "Ele é uma pedra preciosa bruta que nós temos e ainda precisa ser lapidada. Tudo no entorno dele é sempre muito polêmico. E a questão é como fazer com que ele tenha um único foco".
Desde a eliminação do Brasil, no dia 6 de julho, Neymar só se manifestou pelas suas redes sociais. Ainda não deu entrevistas ou falou em público.

Folhapress



últimas

  1. Apagão volta a atingir Caracas e outras regiões da Venezuela
  2. Em reunião com ministros, Bolsonaro defende relação pacífica com Maia
  3. Investigado na Lava Jato é encontrado morto em Porto Alegre
  4. Governo Bolsonaro suspende avaliação de alfabetização por dois anos
  5. Professor do Quênia que doa 80% do salário ganha 'Oscar da educação'
On Top