Bruno Oliveira

AFA anuncia a saída do técnico Jorge Sampaoli da seleção argentina


 Jorge Sampaoli não é mais o técnico da seleção argentina. Após longas negociações, a AFA anunciou na tarde deste domingo (15) a rescisão do contrato do técnico, que iria até 2021, após um "acordo mútuo".
"Hoje, a Associação de Futebol da Argentina e o ex-técnico da seleção, Jorge Sampaoli, concordaram mutuamente com a rescisão do contrato. Da mesma forma, o preparador físico, Jorge Desio e o analista de vídeo, Matías Manna, também se desassociaram", anunciou a AFA.
Além de agradecer aos profissionais pelo trabalho realizado nos últimos meses, a federação disse que o responsável por comandar a seleção sub-20 será anunciado na próxima terça-feira (17).


Na noite do último sábado (14), o jornal Olé havia informado que o treinador seria desligado da seleção. Segundo o periódico, a AFA pagará 2 milhões de dólares no acordo para Sampaoli. O valor é inferior à quantia estabelecida em contrato para o fim antecipado do vínculo -US$ 8,5 milhões.
Anunciado como técnico da Argentina em maio de 2017, Sampaoli conviveu com críticas desde o início de seu trabalho. O treinador só conseguiu garantir a classificação da Argentina para a Copa do Mundo no último jogo das Eliminatórias, e viu seu trabalho ruir durante o Mundial.
A equipe teve mau desempenho na fase de grupos, e foi eliminada nas oitavas de final para a França após perder por 4 a 3. O difícil convívio com os jogadores também dificultou a estadia de Sampaoli à frente da seleção argentina.

Folhapress



últimas

  1. Depoimento de João de Deus tem teclado quebrado, gritos, fio queimado e agente ferido
  2. Médium João de Deus se entrega em estrada de terra de Abadiânia, em Goiás
  3. Crise na Nicarágua se agrava, diz secretário da Comissão de Direitos Humanos da OEA
  4. Maduro não foi convidado para a posse de Bolsonaro, diz futuro chanceler
  5. Movimentações em contas de João de Deus após denúncias reforçaram pedido de prisão
On Top