Bruno Oliveira

Assalto a carro-forte em hipermercado Extra de SP tem tiroteio e morte


 Uma tentativa de assalto a um carro-forte terminou em tiroteio e deixou um vigilante ferido e um assaltante morto, neste domingo (23), no hipermercado Extra do km 13 da rodovia Raposo Tavares (zona oeste). Houve correria e tumulto, mas nenhum cliente se machucou.
Segundo policiais, os criminosos, munidos de fuzis, abordaram os vigilantes do carro-forte já dentro do hipermercado. Assim, teve início o tiroteio, por volta das 12h15.


Um ladrão foi morto na troca de tiros e um vigilante do carro-forte foi atingido no quadril e levado a um hospital. Pelo menos três assaltantes conseguiram fugir com carros de clientes que estavam no estacionamento.


Simultaneamente ao assalto, a polícia foi avisada de que ocorria também um roubo a uma loja em um shopping próximo do hipermercado, o que não se confirmou. A suspeita é de que bandidos tentaram distrair os policiais enquanto atacavam o carro-forte.


Clientes e pessoas que passavam pelo hipermercado viveram momentos de pânico durante a troca de tiros.
O morador de rua Carlos Eduardo, 32, que vive em uma passarela ao lado do hipermercado, contou que estav
a no estacionamento e presenciou a troca de tiros, bem como a correria dos clientes. "Eu mesmo me joguei debaixo de um carro", afirmou. Segundo Carlos, uma mulher que teria se apresentado como parente de um dos ladrões chegou ao local chorando.


"Não deu 30 segundos e encheu de polícia por aqui", afirmou um comerciante de 50 anos, que presenciou o assalto. Testemunhas afirmam que, momentos antes do ataque, um dos bandidos tomava uma cerveja com uma mulher do lado de fora do estacionamento do hipermercado.


Segundo uma testemunha, um dos ladrões estava em cima do telhado do hipermercado, com uma camisa vermelha semelhante à de funcionários e com crachá no pescoço.


Em nota, o Extra informou que a tentativa de assalto ocorreu enquanto um funcionário do carro-forte recolhia os valores da unidade. "Houve troca de tiros entre criminosos e a equipe de segurança terceirizada. Nenhum cliente foi ferido", informou.



últimas

  1. Temer deve ser ouvido por delegado considerado seu 'maior inimigo' na PF
  2. Certificado de estabilidade dificultou investigação sobre barragem em Brumadinho, diz promotor
  3. Após repercussão negativa, Bolsonaro apaga vídeo de 'golden shower'
  4. Ministros do STF criticam espetacularização da Lava Jato ao prender Temer
  5. Como Lula, Temer ficará em carceragem da PF
On Top