Bruno Oliveira

Fuvest tem primeira fase neste domingo com novo sistema de nota de corte


 Neste domingo (25) ocorre a prova da 1ª fase da Fuvest, exame que seleciona os alunos da USP (Universidade de São Paulo). Neste ano, 127.786 inscritos disputam 8.362 vagas em 183 cursos de graduação.


Neste ano, o vestibular da Fuvest traz uma novidade. Além da carreira, os candidatos tiveram que escolher o perfil de vaga ao qual concorrem: ampla concorrência (sem exigência de pré-requisito), escola pública (independente da renda) ou escola pública PPI (autodeclarados pretos, pardos e indígenas que, independente da renda, tenham cursado o ensino médio em escola pública).


Assim, cada modalidade terá uma nota de corte segregada. É um sistema similar ao adotado pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada, utilizado para ingresso via Enem) e reflete um esforço de a universidade conseguir melhorar nos índices de inclusão de alunos vindos da rede pública. 


Para o ingresso em 2019, a USP reservará 40% de suas vagas, por curso, para estudantes de escola pública, considerando Fuvest e Sisu. Dentro dessa porcentagem, ainda incidem 37,5% de reserva de vagas para PPIs. 
A proporção de vagas reservadas aumentará nos próximos anos: no vestibular para 2020, deve ser 45%; no exame para 2021, finalmente 50%. 


A prova deste domingo é a última das principais avaliações universitárias aplicadas em novembro. No último dia 18 houve a prova da Unicamp. No dia 15, o vestibular da Unesp. E no começo do mês, em 4 e 11 de novembro, o Enem, porta de entrada para praticamente todas as universidades federais do país.


HORÁRIOS, LOCAIS E TRÂNSITO
Os portões dos locais de prova abrem às 12h30 e fecham às 13h. A avaliação tem duração limite de cinco horas. Para checar os locais onde serão aplicados o exame, clique aqui. 


A CET vai monitorar o trânsito no domingo para assegurar a mobilidade dos candidatos. Isso afetará, por exemplo, o horário de funcionamento de algumas das vias que fecham para a circulação de carros aos domingos.


A avenida Paulista, por exemplo, em vez de liberada para lazer a partir das 10h, terá como horário neste domingo das 13h às 18h. As demais vias que normalmente fecham para tráfego de veículos terão esse expediente das 13h às 16h. A avenida Sumaré, por sua vez, não participa do programa neste domingo, tendo tráfego livre de veículos ao longo de todo o dia.
A Fuvest afeta ainda a ativação das ciclofaixas dominicais. A que vai da praça Panamericana à avenida Afrânio Peixoto e passa pela Ponte Cidade Universitária, com acesso à portaria 1 da USP, não será  ativada. A das avenidas Paulista e Bernardino de Campos, no Paraíso, serão ativadas após as 13h.

FASES
O processo seletivo da Fuvest é dividido em duas fases. Na primeira, os estudantes terão que responder a 90 questões de conhecimentos gerais. Já na segunda fase, os estudantes responderão questões discursivas de língua portuguesa e, pelo menos, duas disciplinas específicas conforme o curso escolhido, além de uma redação.


A novidade é que a etapa discursiva de 2019 será mais enxuta: a prova será executada em dois dias e não mais em três. Os testes da segunda fase serão aplicados entre os dias 6 e 7 de janeiro.


Os estudantes dos cursos de artes visuais, artes cênicas e música terão ainda que responder a provas específicas. A lista dos aprovados será divulgada no dia 24 de janeiro.


Estão previstas ainda mais quatro convocações: 1º, 8, 15 e 22 de fevereiro. Os treineiros conhecerão seu desempenho na prova no dia 6 de fevereiro.

Com informações da Folhapress



últimas

  1. Depoimento de João de Deus tem teclado quebrado, gritos, fio queimado e agente ferido
  2. Médium João de Deus se entrega em estrada de terra de Abadiânia, em Goiás
  3. Crise na Nicarágua se agrava, diz secretário da Comissão de Direitos Humanos da OEA
  4. Maduro não foi convidado para a posse de Bolsonaro, diz futuro chanceler
  5. Movimentações em contas de João de Deus após denúncias reforçaram pedido de prisão
On Top