Bruno Oliveira

Financie a TV Coiote


 Somos um canal de notícias que hospeda o conteúdo na plataforma de vídeos online YouTube. Distribuímos nosso conteúdo através das redes sociais Facebook, Twitter e Instagram e através de nosso site. Iniciamos nossos trabalhos no mês de Agosto de 2016, e desde lá, estamos aperfeiçoando-o e angariando um público cada vez maior.

Nosso conteúdo é focado em notícias sobre política nacional e internacional, segurança pública, saúde, educação e economia. Sempre nos preocupamos em debater com nossos espectadores sobre os assuntos de interesse nacional e internacional, e acima de tudo, prezamos pelo uso de boas fontes, checagem de informações e opiniões equilibradas. Ganhamos cada vez mais respeito dos que nos assistem e somos considerados um meio de mídia confiável, que valoriza a credibilidade e que possui um público extremamente diverso, que encontrou em nosso canal um espaço de tolerância, em que se escuta e respeita todos os lados, em um tempo de divisão e disputas de posições políticas extremamente intolerante.

A TV Coiote vive de anúncios do Google AdSense através de publicidade em vídeos.  A renda mensal com essa modalidade é extremamente baixa, e o trabalho necessário para manter o canal muito grande. O objetivo do nosso financiamento é que pessoas que tenham plena condição de ajudar o canal, colaborem com pequenos valores, que juntos podem me ajudar a trazer novos investimentos para o canal.

Apoia-se

Use esse link e escolha qualquer valor para contribuir mensalmente: https://apoia.se/tv-coiote

Pagseguro

10 reais mensais: http://pag.ae/bcxFg7W
20 reais mensais: http://pag.ae/bcxFhjG
50 reais mensais: http://pag.ae/bmxFhq2
Doar qualquer valor uma única vez: https://pag.ae/bcxFh2m

 

 



últimas

  1. Edições falsas do Washington Post com notícia de saída de Trump são distribuídas nos EUA
  2. Polícia descarta tentativa de execução em caso de deputada que teve carro baleado
  3. México se oferece para mediar diálogo entre Maduro e oposição venezuelana
  4. Covas revoga ordem que proibia servidor de alimentar animais em cemitérios de SP
  5. Ex-ministro da Saúde é acusado de favorecer empresas em compra de remédios
On Top