Bruno Oliveira

"Eu gostaria de ser coach do Neymar", afirma Bernardinho


 Ex-técnico das seleções feminina e masculina de vôlei, Bernardinho disse em entrevista à Rádio Gaúcha que gostaria de trabalhar como uma espécie de "treinador pessoal" de Neymar. "Eu queria ser um 'coach' do Neymar sobre algumas questões. Sobre comportamento, a postura diante de algumas situações e como lidar com pressão", afirmou o treinador campeão olímpico e mundial.
Bernardinho lembrou que o camisa 10 do Brasil é amigo de seu filho, o levantador Bruninho, e que já encontrou Neymar algumas vezes. "Ele tem uma relevância tão grande no futebol que nós estamos na véspera da final da Copa do Mundo e se fala dele", disse. "É um peso enorme sobre um jovem, um rapaz fantástico, de uma índole excepcional", completou.
Com o Brasil eliminado nas quartas de final pela Bélgica, Neymar tornou-se uma espécie de piada internacional, com memes, jogos e brincadeiras ironizando suas quedas em campo. "Ele é uma pedra preciosa bruta que nós temos e ainda precisa ser lapidada. Tudo no entorno dele é sempre muito polêmico. E a questão é como fazer com que ele tenha um único foco".
Desde a eliminação do Brasil, no dia 6 de julho, Neymar só se manifestou pelas suas redes sociais. Ainda não deu entrevistas ou falou em público.

Folhapress



últimas

  1. Edições falsas do Washington Post com notícia de saída de Trump são distribuídas nos EUA
  2. Polícia descarta tentativa de execução em caso de deputada que teve carro baleado
  3. México se oferece para mediar diálogo entre Maduro e oposição venezuelana
  4. Covas revoga ordem que proibia servidor de alimentar animais em cemitérios de SP
  5. Ex-ministro da Saúde é acusado de favorecer empresas em compra de remédios
On Top