Bruno Oliveira

Odebrecht pagará R$ 21,3 milhões por caixa dois a Kassab


 A Justiça de São Paulo homologou acordo no qual a Odebrecht pagará uma multa de R$ 21,3 milhões à Prefeitura de São Paulo e outros órgãos por ter entregue esse montante para o caixa dois do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD).
A contribuição ilícita ocorreu entre 2008 e 2014, segundo delatores da Odebrecht, e serviu para manter boas relações com o prefeito e depois ministro das Cidades do governo de Dilma Rousseff (PT). O montante também foi usado para criar o PSD em setembro de 2011, ainda de acordo com ex-executivos da empresa. Kassab foi prefeito de São Paulo entre 2006 e 2012.


A Odebrecht ficará livre de sofrer processo após pagar a multa. "A ação contra Kassab é por enriquecimento ilícito e não dá para vincular a contribuição ilícita a alguma obra pública. Os delatores falaram que era para manter boas relações com o Kassab", diz o promotor Silvio Marques.
O juiz que homologou o acordo, José Gomes Jardim Neto, diz que neste caso não houve prejuízo para os cofres públicos. A Prefeitura de São Paulo ficará com 90% dos R$ 21,3 milhões. O restante do valor será dividido entre o Fundo Estadual de Interesses Difusos do Estado (5%) e o Fundo Estadual de Perícias (5%).

OUTRO LADO
Atual ministro de Ciência e Tecnologia, Kassab disse em nota "que na vida pública, as pessoas estão corretamente sujeitas à especial atenção do Judiciário, e ressalta sua tranquilidade e confiança na Justiça e no Ministério Público".
Ele destacou "que todos os seus atos seguiram a legislação e foram pautados pelo interesse público".



últimas

  1. Edições falsas do Washington Post com notícia de saída de Trump são distribuídas nos EUA
  2. Polícia descarta tentativa de execução em caso de deputada que teve carro baleado
  3. México se oferece para mediar diálogo entre Maduro e oposição venezuelana
  4. Covas revoga ordem que proibia servidor de alimentar animais em cemitérios de SP
  5. Ex-ministro da Saúde é acusado de favorecer empresas em compra de remédios
On Top