Bruno Oliveira

Quem somos


História

A TV Coiote é uma produtora de conteúdo jornalístico fundada em agosto de 2016. Começamos como um canal noticioso no YouTube, onde viramos referência em jornalismo de qualidade. Com o tempo, fomos expandindo nosso conteúdo para outras plataformas.

Nosso site

A rigidez na checagem de fatos, a clareza na explicação, e a proximidade com o público possibilitaram que nosso canal se tornasse o maior canal noticioso independente do YouTube Brasil não opinativo. Com essa mesma proposta, mas adaptada ao formato escrito, lançamos nosso site. 

Aqui você acompanha as principais notícias do Brasil e do mundo nas áreas de política, internacional e economia. Nossas reportagens enxutas possibilitam uma síntese dos principais acontecimentos de forma ágil, sem que a qualidade e ética jornalística fiquem em segundo plano. 

Princípios editoriais

1- Equilíbrio

Sabemos que a imparcialidade é inalcançável, mas acreditamos que o bom jornalismo precisa ter a capacidade capacidade de dialogar com as mais diferentes perspectivas, grupos sociais e políticos.

2- Ética

3- Transparência

Não basta ser confiável, é preciso ser reconhecido como confiável. Esse reconhecimento só é possível com uma relação transparente com os leitores. Todos os meses publicamos um feedback dos valores arrecadados com doação e no final de cada mês, é publicada uma errata com correção de todos os erros (por menores que sejam) cometidos em nossas reportagens.

4- Precisão.

5- Clareza: Tornar o complexo interessante.

Por fim, buscamos explicar os principais fatos de forma equilibrada, ética, transparente, precisa e clara.

Contato

Email: tvcoiotemail@gmail.com

É possível nos contar também por mensagem privada via Facebook, Twitter e Instagram

Equipe

No momento, Bruno de Oliveira Paiva lidera todas as atividades da TV Coiote. É ele que apresenta os vídeos do canal do YouTube, e que escreve os textos publicados junto aos vídeos aqui no site. 



últimas

  1. Massacre no baile funk em Paraisópolis: PMs envolvidos são tirados das ruas
  2. Trump acusa Brasil e anuncia taxas. Bolsonaro responde
  3. Leonardo DiCaprio responde Bolsonaro
  4. Doleiro Messer diz que pagou propina a procurador da Lava Jato
  5. Bolsonaro acusa Leonardo DiCaprio de financiar queimadas na Amazônia
On Top